Página Inicial > Leituras > Sugestões > A lagartinha muito comilona

A lagartinha muito comilona
Eric Carle

A lagartinha muito comilona

 

Título:

A lagartinha muito comilona

Autor:

Eric Carle

Ilustrador:

Eric Carle

Editor:

Kalandraka

A lagartinha muito comilona, inventada porA lagartinha muito comilona, em 1969, vai já na sétima edição em Portugal, traduzida por Ana Aires e Isabelle Buratti e publicada pela Kalandraka. Segundo livro do autor americano, cedo se tornou um clássico para a infância, traduzido em mais de trinta línguas. Álbum cartonado, de formato à italiana, profusamente colorido, utilizando a colagem, com base em papéis pintados, a sobreposição de elementos e o recorte, leva a criança a um mundo de descobertas através da sequencialização de apetitosas imagens.
O ciclo de vida da lagartinha, desde o nascimento até à saída do casulo e transformação numa lindíssima borboleta, cruza-se com o tempo (os dias da semana), os alimentos, a natureza. No decurso desta grande aventura que é o crescimento, a lagartinha, esfomeada, sempre pronta para comer delícias, fica mal disposta, tem uma dor de barriga e cura-se. A pequena lagarta, aprendiza das coisas boas e menos boas da vida torna-se, assim, metáfora da criança, também ela em estágio, partindo, de descoberta em descoberta, pelo mundo, fascinantemente desconhecido, que este e outros álbuns lhe dão a conhecer.

Ver