Página Inicial > Leituras > Sugestões > Eu sou lobo : o rei da floresta portuguesa

Eu sou lobo : o rei da floresta portuguesa
Ricardo J. Rodrigues

 

Título:

Eu sou lobo : o rei da floresta portuguesa

Autor:

Ricardo J. Rodrigues

Ilustrador:

Susana Diniz e Pedro Semeano

Editor:

Imprensa Nacional - Casa da Moeda

 

 

 

 

Eu sou o lobo – O Rei da Floresta Portuguesa conta-nos a história do lobo-ibérico, o maior predador português, diferente de todos os outros. A alegada ferocidade do lobo e o roubo de animais de criação levaram à caça sistemática desta espécie o que contribuiu para a sua caça e hoje “ não somos mais de 300, e estamos concentrados em território cada vez mais pequenos.” Atualmente, é uma espécie protegida em Portugal desde 1989 e vive em alcateia de forte organização hierárquica. Astuto, como qualquer lobo, é também um caçador eficaz, sabendo esperar pela melhor oportunidade para a emboscada, “ de maneira a não gastar mais energia no ataque do que a necessária.”
Afinal, por quem os lobos uivam? – pela alcateia! É forma de comunicarem e se “ for para reunir o grupo, o uivo tem menor amplitude, mas se quiserem avisar outros animais para se manterem afastados, os uivos podem ouvir-se a vários quilómetros”. Avançando na leitura, muito mais, ficamos a saber sobre o lobo-ibérico, como agir se nos cruzarmos na floresta, como algumas culturas reconhecem qualidades divinas ao lobo ou quais as razões que levaram à construção de um “ Centro de Recuperação do Lobo-Ibérico, em Mafra. Seja porque alguém nos tenta domesticar, seja porque os nossos progenitores foram mortos e não tivemos oportunidade de aprender a caçar, seja simplesmente porque partimos os dentes e já não somos capazes de tomar conta do nosso destino.”
Quase no final do livro, antes de serem esclarecidas algumas palavras uivantes, ficamos a saber que a Imprensa Nacional – Casa da Moeda, em 2019, cunhou “2500 moedas em prata e 40 000 em cuproníquel” em homenagem do lobo-ibérico.

Ver