Página Inicial > Leituras > Sugestões > O solar de Berbiande

O solar de Berbiande
Pitum Keil do Amaral

 

Título:

O solar de Berbiande

Autor:

Pitum Keil do Amaral

Ilustrador:

Ana Biscaia

Editor:

Xerefé

 

 

 

 

Tudo o que lemos, vemos e tocamos perante este objecto parece de outro tempo. Um tempo a meio caminho entre o passado e o cristalizado numa dimensão maravilhosa. Começando pela edição, o formato, a encadernação que fogem a modelos de impressão e grafismo muito assentes no digital. Este livro tem a simplicidade, a fragilidade e a unicidade do artesanal. Também para isso contribui a ilustração de Ana Biscaia com as suas figuras envoltas em névoas, formas e manchas que sugerem movimento e mistério. As cores pontuais e os tons maioritariamente esbatidos assinalam essa dimensão outra, diferente das manchas limpas que muitas ilustrações apresentam. O símbolo e o vestígio, elementos centrais no desenlace narrativo estão também presentes e cabe ao leitor encontrá-los e valorizá-los. Finalmente a narrativa... Trata-se de uma organização clássica que acompanha um menino no seu regresso a casa nas férias do Natal. Se o início da história está claramente balizado num tempo histórico do passado recente (séc. XX português) algo surpreendente vai acontecer ao longo do percurso até à aldeia que o protagonista se vê obrigado a palmilhar ao frio e depois à chuva por ter perdido a camioneta. A magia não se revela inteiramente até ao encontro com os pais e jamais se esclarecerá. Assim, tudo neste conto ilustrado caminha para um espanto cadenciado e poético. Palavras-Chave Conto, mistério, maravilhoso, contemplação, viagem Se gostaste, experimenta A cadeira que queria ser sofá, Clovis Levi, Ana Biscaia, Lápis de Memórias Os filhos do vidreiro, Maria Gripe, Relógio d’Água O Lobisomem, António Mota, Asa

Ver