Página Inicial > Leituras > Um livro por semana > Um livro por semana

Um livro por semana
Um livro por semana
Um livro para conhecer Flaubert

O papagaio de Flaubert

“Flaubert ensina-nos a olhar para a verdade e não a temer as suas consequências; ensina-nos, como Montaigne, a dormir na almofada da dúvida; ensina-nos a dissecar as partes constituintes da realidade e a observar que a natureza é sempre uma mistura de géneros; ensina-nos o uso mais exacto da língua; ensina-nos a não nos aproximarmos de um livro em busca de pílulas morais ou sociais; a literatura não é uma farmocopeia; ensina-nos a superioridade da Verdade, da beleza, do Sentimento e do Estilo. E, se estudarmos a sua vida privada ensina a coragem, o estoicismo, a amizade; a importância da inteligência, do ceticismo e da imaginação; a palermice do patriotismo barato; a virtude de ser capaz de ficar sozinho no quarto; o ódio à hipocrisia; a desconfiança nas teorias; a necessidade de falar com simplicidade. É assim que gosta de ver os escritores serem descritos?”

 

Julian Barnes


Julian Barnes nasceu em Leicester e vive em Londres desde 1946. É autor de mais de uma vintena de livros e foi agraciado, em 2011, com o Prémio Man Booker pelo seu romance O Sentido do Fim. Três dos seus romances foram, aliás, finalistas deste prémio, entre eles, justamente, O Papagaio de Flaubert, também galardoado com os prémios Medicis e Fémina.

O Papagaio de Flaubert, de Julian Barnes, (Quetzal, 2019, 2.ª ed.) é um livro brilhante e delicioso.

O biógrafo amador do escritor Gustave Flaubert procura saber mais sobre Lulu, o papagaio. Sabemos que " G. Flaubert pediu ao Museu de Ruão e que esteve na sua mesa de trabalho enquanto escreveu  Un Coeur Simple, onde tem o nome de Lulu, o papagaio de Felicité, a personagem principal do conto"

Julian Barnes, de forma genial, dá-nos uma admirável aula sobre o talentoso autor de Madame Bovary. Durante a leitura somos convidados a participar na reflexão sobre a ficção e a realidade, a literatura, o amor, os livros que os escritores não escrevem, sobre a essência do que significa ser feliz, os pormenores do quotidiano e os segredos que guardamos ou não. Este é um livro sobre a vida.

 

Quem é Gustave Flaubert?

 

 

 Filipa Martins lê um excerto de O Papagaio de Flaubert.

O papagaio de Flaubert

 

Visite o blogue do escritor.

Leia a entrevista do escritor, no Jornal i .

 

Outros livros de Julian Barnes

 A única história Os níveis da vida O sentido do fim Nada a temer