Um livro por semana
Um livro por semana
Um livro sobre o feitiço dos livros
18.julho.2020

A Sombra do Vento é o primeiro livro da tetralogia Cemitério dos Livros Esquecidos, de que fazem parte os romances Jogo do Anjo, O Prisioneiro do Céu e O Labirinto dos Espíritos.

A sombra do vento


“Houve um tempo, em criança, em que, quiçá por ter crescido rodeado de livros e livreiros, decido que queria ser romancista e viver uma vida de melodrama. A raiz do meu sonho literário, além da maravilhosa simplicidade com que se vê as coisas aos cinco anos, era uma prodigiosa peça de artesanato e precisão exposta numa loja de canetas de tinta permanente na Calle de Anselmo Clavé, atrás do Gobierno Militar. O objeto da minha devoção, uma sumptuosa caneta preta debruada, como Deus sabia, com requintes e apontamentos, dominava a montra como se fosse uma das joias da coroa. O aparo, um prodígio em si mesmo, era um delírio barroco de prata, ouro e mil dobras que luzia como o farol de Alexandria. Quando o meu pai me levava a passear, não me calava enquanto não me levava a ver a caneta.”

 

A sombra do vento


A Sombra do Vento
narra uma história inesquecível sobre os segredos do coração e o feitiço dos livros.

O livro, traduzido para mais de 40 línguas e cerca de 6,5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, desde o lançamento em 2001.

Ganhou o Prémio Literário Casino da Póvoa durante o festival literário Correntes d’Escritas da Póvoa de Varzim, em 2006, e finalista do Prémio de Romance Fernando Lara 2001 e do Prémio Llibreter 2002.  


Carlos Ruiz Zafón
 compôs para diferentes personagens e situações desta tetralogia uma série de temas para piano. Afirmava frequentemente que compor ajudava-o a escrever. A banda sonora de Zafón foi apresentada no Palau de la Música, em Barcelona, em 2014.

Ao contrário da música, para a arte cénica afirma “Nunca farei uma adaptação para cinema de ‘A Sombra do Vento” leia tudo aqui.

 

Entrevista de Carlos Ruiz Zafón  ao  diretor Óscar López do programa literário “Página Dos”, de TVE2.

 

 

“– “Pensava ir à biblioteca de …
- Gostas de livros, hem?
- Sim, senhor.
- Já leste Conrad? O Coração das Trevas?
- Três vezes.
O chapeleiro franziu o sobrolho, sentindo-se perdido.
- E esse Conrad quem é, pode-se saber?“ 

 

 Carlos Ruiz Zafón

 

 

A imprensa literária, portuguesa e espanhola, não ficou indiferente à 1.ª edição da A Sombra do Vento

"Este livro foi um dos acontecimentos de 2004, pela sua qualidade de escrita, pela história fantástica e, sobretudo, por ter sido um dos poucos livros que li duas vezes com gosto redobrado. A história tem tudo: mistério, morte, polícia, perseguição, sexo, amizade e política. Carlos Ruiz Zafón consegue agarrar o leitor desde o primeiro instante e, nas últimas páginas, confrontamo-nos com o drama de querer chegar ao fim e, ao mesmo tempo, querer fazer render o livro. É, para mim, um dos livros de 2004."

Patrícia Reis, Mil Folhas (Público), 02-janeiro-2005

 

"Embora com ecos superficiais de Mendoza e Pérez-Reverte, a voz de Ruiz Zafón é de uma originalidade à prova de bomba. A Sombra do Vento anuncia um fenómeno da literatura popular espanhola."

Sergio Vila-Sanjuán, La Vanguardia

  

Clube de Leitura do Museu da Farmácia

O Clube de Leitura do Museu da Farmácia, que conta com o apoio do PNL2027, está a ler este livro. Participe!

 

 Carlos Ruiz Zafón

 

No dia 19 de Junho de 2020, Carlos Ruiz Zafón partiu como se fosse a sombra do vento, afirmou Helena Magna Costa, da editora Planeta, leia aqui.

 

Sugestões de outros livros do autor.

A sombra do vento O jogo do anjo O prisioneiro do céu O labirinto dos espíritos

                                                                    Marina    

 As luzes de setembro A trilogia da neblina O Palácio da Meia-Noite O Príncipe da Neblina

  

Veja outros "Um Livro por Semana"

LER
Informação científica e recursos para o ensino da leitura e da escrita.
PICCLE
Plano de Intervenção Cidadãos Competentes em Leitura e Escrita.
LEITURA ORIENTADA
Recuperação e reforço de aprendizagens no Ensino Básico.
CARTOGRAFIAS LEITORAS
Mapear iniciativas de leitura e escrita do ensino superior
logo
logo
2020 © Plano Nacional de Leitura