Miúdos a votos - 5.ª edição
Miúdos a votos - 5.ª edição
Final
2 junho, 11 horas

Assista ao evento final de Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?em que são revelados os resultados da votação nacional dos livros preferidos dos alunos portugueses. Este ano foram 75 715 os alunos, entre o 1.º e 12.º anos, que votaram nos seus livros preferidos, a segunda melhor participação de sempre.


 Assista ao vídeo:

 Final

 

A Rede de Bibliotecas Escolares e a VISÃO Júnior voltam a organizar, pelo quinto ano consecutivo, a eleição dos livros preferidos das crianças e jovens portugueses, através desta iniciativa que promove a leitura e o desenvolvimento de competências de cidadania ativa. 

Aproxima-se o momento para o qual as escolas se prepararam ao longo deste ano: finalmente os “miúdos” vão votar nos seus livros preferidos. No dia 27 de abril, terça-feira, é o dia da eleição nacional.

A  partir dos títulos mais votados na última edição dos ‘Miúdos a Votos’, o PNL2027 escolheu outros títulos que podem interessar aos leitores, e que podem ser consultados aqui, diversificando assim as possibilidades de escolha dos alunos.


 

                • Livros candidatos - 1.º Ciclo
                                      
                • Livros candidatos - 2.º Ciclo
                                
                • Livros candidatos - 3.º Ciclo
                                
                • Livros candidatos - Ensino Secundário
                   
                   

 

 

 


Este ano, a VISÃO Júnior, através da sua parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares, acrescenta uma vertente ao projetos Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?: a literacia mediática, permitindo e capacitando os alunos para serem os repórteres na sua escola:  Conheça aqui as propostas.

 

miúdos a votos

Apesar das circunstâncias que caracterizaram o final do ano letivo anterior, os números registados são indicadores do êxito deste projeto: participaram mais de 800 escolas de todo o país (e ainda França, Angola e Moçambique) nas quais votaram 16 815 alunos, em listas constituídas a partir de mais de 30 409 nomeações.

Para além da importância desta ação na promoção da leitura, realizada entre pares, a partir das suas próprias escolhas, a iniciativa Miúdos a Votos constitui um exercício ímpar de cidadania, valorizando a responsabilidade do ato de votar. Se, por um lado, há uma preocupação crescente com as taxas de abstenção em Portugal, por outro lado, há estudos que sustentam que a probabilidade de as pessoas irem votar aumenta com a sua consciencialização de que o voto é um dever cívico essencial que concorre para a manutenção da democracia. Porque não começar de pequenino?

Tal como nos anos anteriores, a iniciativa é aberta a todas as escolas, sejam públicas ou privadas, abrangendo alunos do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. É também alargada a estabelecimentos de ensino no estrangeiro que lecionem os mesmos anos de escolaridade e que tenham o Português como primeira língua.

Miúdos a votos conta com o apoio da Comissão Nacional de Eleições, do Plano Nacional de Leitura 2027, da Pordata, da Rádio Miúdos e da Fundação Calouste Gulbenkian.

Fonte

Veja também:

Festa Final da 4.ª edição

Miúdos a votos - 4.ª edição - Lançamento

Miúdos a Votos - 4.ª edição - Livros candidatos

Miúdos a Votos - 4.ª edição - Sugestões de Leitura

Miúdos a votos - 3.ª edição

Miúdos a votos - 2ª edição

Saber mais
ENTRELER
Revista digital, anual, livre e gratuita, sobre leitura, escrita e literacias.